Paranavaí
Min. 21°C Max. 33°C

Articulistas

André Maciel
André Maciel
LITERATURA

Começar, recomeçar, dar o pontapé inicial

Devemos tomar dos aprendizados as lições que nos foram caras, mas com as quais aprendemos cada vez mais

22/02/17 - Articulista > André Maciel

Estavam pensando que eu havia me ausentado neste início de período, hein? Aqui estou eu de volta, com nosso informal bate-papo. Bem, nada mais justo que explanarmos sobre o início ou reinício, o começo ou recomeço, uma vez que estamos constantemente em evolução. Num eterno recomeço de algo que já iniciou quando nascemos. 
Logo, o recomeço, como encontramos seu significado no dicionário da Língua Portuguesa: recomeçar é um verbo transitivo direto e intransitivo, ou seja, ele é tão completo que possui duas flexões de transição. Se estamos no início do ano que findou o anterior há menos de três meses logo, estamos recomeçando ou começando o ano? Hum! Até porque se o ano só inicia quando o Carnaval passa, então estamos aguardando o início do ano, às vésperas do maior evento do país. Seriam reflexões demais para nossas mentes em tão pouco tempo de avaliação. Enfim, recomecemos o ano que encerramos e vamos adiante com o que vindoura. 
Ano Novo, vida, nova, roupas novas, carros novos, amores novos, dores novas, surpresas novas, tudo e quaisquer novidades que possam lhes rodear a realidade do momento, porém, não nos esqueçamos do principal, o agradecimento por tudo que recebemos. Pelas graças alcançadas, pelas perdas, pelos ganhos, pelas tragédias que nos acometeram, porque afinal de contas, também aprendemos com elas, oh!, e como aprendemos. 
Devemos tomar desses aprendizados as lições que nos foram caras porém, com as quais aprendemos cada vez mais. A cada dia que me desperto agradeço e recomeço minha rotina, reinicio meu dia de trabalho e a busca para que aquele seja mais aprazível que o dia anterior. Me cerco de sentimentos bons, de atenções agradáveis, de cumprimentos sinceros e sentimentos que farão com meu tempo de passagem por este plano seja no mínimo prazeroso; busco ainda me dedicar a tudo que faço e em retorno recebo tudo que ofertei mas, em dobro. 
Assim como no ano de 2016 que muitas bênçãos foram bem-vindas, este ano que iniciei meses atrás, afinal meu ano não espera o Carnaval, e recomeço minha busca por realizações ainda mais intensas. Embora o tempo vá passando e as experiências nos ciceroneando as novidades que nos aguardam, o futuro. 
Neste girar da ciranda que a vida vai nos levando ainda guardo saudades de bons momentos, de situações cômicas que nos levam ao riso extremo, aqueles momentos de gargalhadas plurais, em que ao final do riso, a troca de olhares nos causam ainda mais riso, pela simples conclusão de que foi muito bom ter tido aquele instante de prazer gratuito em boa companhia. Pessoas agradáveis que nos trazem momentos bons são necessárias, são fundamentais eu diria. 
Não serão as novidades, os presentes caros, carros, joias raras, eventos reluzentes e fúteis que nos farão ser mais felizes do que uma simples conversa nos faria. Dessas sim devemos sentir saudades, das que o ano que findou nos trouxe e das que este período nos trará. Sentiremos saudades de bons momentos, de boas companhias e das ações que cometemos e nos deixaram uma sensação de prazer e frescor na alma. Que essas lembranças se tornem a fonte do reinicio vigoroso que nos recebe o futuro. Que Deus possa manter sua graça, seu amor e seu carinho sempre dispensado a cada um de nós, à sua maneira e segundo a necessidade de cada um. Só peço a Ele que me mantenha com saúde e que minhas palavras possam manter seu compromisso de atingir a fundamental necessidade de cada leitor, de cada ouvinte que por ventura não possa enxergar, mas pode ouvir num ato de amor a leitura que também lhes favorece. 
Que cada inspiração recebida venha permeada de ilusões fantásticas, de sentimentos radiosos e iluminados de energias boas. Tenhamos todos nós um recomeço de atuação no trabalho, na vida, na fé e na crença de um futuro mais ameno e mais possível a todos nós. Que traga toda força que nos impulsione a seguir cada vez mais adiante, sem nunca olhar para trás ou titubear. Irei lhes aguardar no próximo texto, e que muitos ainda nos façam recomeçar aquilo que deixamos de lado à espera do momento certo para sua concretização, porém que ainda não chegou. Que muitos e intensos começos ou recomeços nos surpreenda neste momento que estamos tão esperançosos. Um grande e intenso abraço a todos. É sempre um enorme prazer escrever para quem gosta de ler e refletir nas intenções que a vida nos propõe.

Colaboração de André Maciel (profandre.literatura@gmail.com/ profandre_literatura@hotmail.com)

Mais

André Maciel 10/07/17

O OLHAR EXCÊNTRICO

André Maciel 08/03/17

"QUANDO NASCI DE UMA MULHER INDAGUEI!"

André Maciel 15/12/16

QUE SAUDADE QUE EU SINTO!

André Maciel 30/08/16

CAROS LEITORES, ESTA É PARA VOCÊS

André Maciel 26/08/16

LER OU NÃO LER EIS A QUESTÃO. QUE DÚVIDA CRUEL

ver todas

Colunistas

Tânia Mara
Artigos
Dinei Feitosa
Sinopse Geral

Articulistas

André Maciel
EDENI MENDES
Fabiano Brum
Josué Ghizoni
Marcelo Rios
Márcia Spada

Programe-se

agência dream