Paranavaí
Min. 21°C Max. 33°C

Articulistas

Marcelo Rios
Marcelo Rios
PSICOLOGIA

Metanoia - a metamorfose da alma!

30/11/16 - Articulista > Marcelo Rios

Muitos de vocês com certeza já ouviram essa palavra: Metanoia. Mas afinal o que ela significa??? Metanoia é uma palavra de origem grega (μετάνοια) que significa arrependimento, conversão, mudança de direção e mudança de mente. Também significa mudança de atitudes, de temperamentos, de caráter trabalhado e evoluído. E em muitos dos casos que lido em meu consultório, não me faltam pacientes que fazem queixas e mais queixas de seus maridos, esposas, filhos, pais, patrões, empregados, amigos, família, de sua saúde ou ainda de si próprios, exigindo por parte destes ou de si mesmos uma mudança radical, brusca, imediata e quase que milagrosa de suas ações, atitudes e manias que os incomodam. Porém se esquecem que essa metanoia não ocorre em uma fração de segundo e muito menos de uma única vez na vida de um indivíduo! Este é um processo que decorre todo dia na vida de uma pessoa, onde a mesma irá quebrando aos poucos (e sem medo), sua rotina e o seu botão do “piloto automático” que o induz à ideias e ações nocivas na sua vida e na de outros sem pensar sobre seus resultados e consequências. Metanoia não é magia! É sim, uma decisão de reeducação mental e emocional! A pessoa de início terá de se adaptar em um novo pensamento ou padrão, e terá que se policiar todo dia, toda hora. Também terá que ouvir seus pensamentos, prestar atenção no que pensa, ouvir o que pensa, pensar antes de falar e agir! A lucidez e o bom senso começam quando esse indivíduo começa a se ouvir, avaliar, a negar ou a aprovar suas palavras, pensamentos e atitudes. O problema é que muitos casais, pais, filhos e demais pessoas deixaram de pensar! Simplesmente deixaram de usar a grande ferramenta que nos diferencia (ou pelo menos deveria) dos animais irracionais. Metanoia provoca uma profunda metamorfose operando na mente, na alma de cada pessoa. O processo é incomodo e doloroso, que exige e provoca na pessoa uma espécie de “quebra” ou ruptura de seus paradigmas e dogmas que direcionam sua forma de enxergar e encarar o mundo desde quando era criança. Essa mudança pode provocar muitas transformações tanto no comportamento quanto no pensamento e no caráter da pessoa, produzindo nela uma revolução e renovação de valores, conceitos, e até de visão de mundo. E quase sempre essa mudança ocorre na forma de uma crise longa e profunda, fazendo com que os indivíduos questionem seus métodos e conceitos em relação a todos os setores de suas vidas. Uma mudança de olhar, de atitude, de falar, de interpretação! Enfim, muda seu mundo e o mundo ao redor. Não é por menos que esta metamorfose faça com que muita gente fuja como o “diabo foge da cruz” diante deste processo chamado metanoia, por concluir que terá inevitavelmente que abandonar as cascas antigas e couraças de alteregos defensivos e traumatizados. Em deixar pra trás coisas que se tornaram pesos mortos, e em abandonar dogmas petrificados no mais íntimo e profundo da alma! Em se abrir para a possibilidade da verdade se tornar a verdade, e não o seu preconceito. O “eu” não é um estado fixo! Ele é dinâmico, progressivo, nasce de uma semente da capacidade de voltar-se sobre si mesmo, mas isso não basta. Ele vai ter que se tornar um “eu” no encontro sincero e profundo com o próximo e com si mesmo, no quesito de aprender quais são seus recursos e potenciais de servir e seguir a vida. Metanoia é isso: é aproveitar o momento de luz e consciência e colocar em prática e transformar em vida! A gente quer e muitas vezes exigimos pela força, ameaça e até pela violência, que o mundo e os outros façam essas ações e mudanças para nós e por nós, entretanto nós mesmos não queremos ser os agentes promotores de um novo caminho na nossa existência! Ouviu, aprendeu, entendeu, então pratique! Pratique e pratique até a hora em que essa mudança incômoda se torne um novo hábito em sua vida, hábito mais saudável, sensato e humano. Ter a coragem de dar o primeiro passo e caminhar em obediência e disciplina. Se ficar só na emoção, na palavra dita e nada mais, nos tornamos cínicos e hipócritas, esperando cair do céu uma mudança que jamais virá, pois a porta de entrada desta está sendo bloqueada pela ignorância, teimosia e orgulho. E todo o dia é dia de mudança, de renovação, de metanoia, em todas as esferas de nossas vidas. Não desperdice essa chance!

Colaboração de Marcelo Fernando Rojas Rios
Psicólogo - CRP 08/15517
(44) 3422-5608

Mais

Marcelo Rios 21/06/17

A energia das pessoas não mente!

Marcelo Rios 17/03/17

O caminho interior

Marcelo Rios 04/02/17

Liberdade, liberdade!

Marcelo Rios 03/01/17

Começar do zero

Marcelo Rios 09/08/16

Um casamento sem afeto

ver todas

Colunistas

Tânia Mara
Artigos
Dinei Feitosa
Sinopse Geral

Articulistas

André Maciel
EDENI MENDES
Fabiano Brum
Josué Ghizoni
Marcelo Rios
Márcia Spada

Programe-se

agência dream