Paranavaí
Min. 21°C Max. 33°C

Articulistas

Marcelo Rios
Marcelo Rios
PSICOLOGIA

A energia das pessoas não mente!

21/06/17 - Articulista > Marcelo Rios

Algumas pessoas, volta e meia, me perguntam se eu como psicólogo, consigo distinguir apenas pelo olhar uma pessoa “normal” de uma pessoa “louca”. A grosso modo, até que dá para conseguir identificar, mas evidente que não são todos os casos, até porque existem na psicologia recursos e instrumentos de avaliação com alto rigor científico para se obter um resultado mais fiel e preciso. Porém, uma outra maneira de se perceber o estado emocional ou humor de uma pessoa, sem dúvida é pela sua energia.
Por exemplo, para Carl Gustav Jung (pai da psicologia analítica) energia é um investimento psíquico que pode se manifestar através não só da sexualidade, como também de qualquer outro instinto e forma, tais como fome, poder, ódio, criatividade, religiosidade, etc. Esta energia da qual me refiro, são as sensações do estado de ânimo, tão influentes em cada uma das coisas que fazemos. Os estados de ânimo nos movem. Podem nos motivar, incentivar a agir, mas podem também nos induzir a fazer o contrário, a nos fechar e retrair.  
Por isso que nos relacionamentos (por exemplo), não basta estar, é preciso viver, sentir. Posso estar junto com meu amigo, mas minha mente e atenção estarem tão longe da pessoa ao meu lado quanto a constelação de Andromeda está em relação ao nosso planeta. E estar com seu amigo, seu cônjuge, seu familiar, seu paciente não é apenas ouvir suas falas, e sim perceber seus modos de como se expressam. Depois de alguns anos que venho lidando com pessoas diretamente no consultório ou no hospital, a gente aprende a diferenciar os fatos não por palavras apenas, pois elas vão ficando pequenas. Muitas vezes, eu lido mais com a energia que o meu paciente/cliente me transmite (suas posturas, atitudes, tempo de reação, olhares, brilho, clareza expressão, prudência, sensatez) do que pelas suas palavras apenas.
Pessoas onde fluem uma boa energia, em geral são amorosas, felizes, compassivas, amáveis e solidárias. Nos sentimos muito bem e seguros em torno delas. Sua vibração é acolhedora. Já as pessoas que passam energia ruim tendem a serem críticas, infelizes (vivem reclamando) e gostam de colocar os outros para baixo. Nos sentimos inseguros, infelizes e tensos em torno delas, e sua vibração é desanimadora. São pessoas que parecem que são impermeáveis. São pessoas que decidiram ter vida só da cara pra fora, nada da cara pra dentro. É da cara pra dentro que você faz distinção de energias. Quem vive só da cara pra fora, só ouve palavras e escuta frases, mas não detecta corpos e matérias feitos de atitudes comportamento de energias de ser que são passadas o tempo todo.
Se você entrar em uma outra “vibe”, você ganha um nova forma. Então, em que frequência se encontra a sua energia?  Qual a energia que te alimenta? Que vibração tem vibrado na sua vida? Fica fácil de ver quais as configurações que seu ser vai ganhar. A sua energia define a suas formas. Muitas vezes podemos enxergar e perceber essa energia emanada pela pessoa, e entender o porque ela ficou como ficou e porque está como está. Outras vezes não precisamos discernir essa energia. Olhando o resultado e suas ações, já dá pra ter ideia de que energia alimenta o indivíduo. Então veja que tipo de energia te alimenta. Porque não adianta querer mudar o exterior, se não houver mudança profunda e sincera no interior. Converta as energias do seu coração e de sua mente. Como?
Faça o que te faz feliz, se sentir bem e realizado, claro com sabedoria, bom senso e respeito ao próximo. Escolha o lado “cheio” do copo ao invés do vazio. Não significa que devemos ignorar o lado ruim e fingir que tudo está ótimo, mas sim de não permitir que esse lado triste nos faça desanimar ainda mais. E por fim, você é quem está no controle dessa energia (boa ou ruim) e é você e cada um de nós, individualmente, que devemos saber como e aonde canalizar e transformar essa energia e força em algo útil, bom e saudável em nossas vidas. Seguindo esse rumo, com certeza poderemos fazer com que nossa energia remova as montanhas e pedras que estão em nosso caminho.

Colaboração de Marcelo Fernando Rojas Rios
Psicólogo. CRP 08/15517   Facebook: @psicologomarcelorios 

Mais

Marcelo Rios 17/03/17

O caminho interior

Marcelo Rios 04/02/17

Liberdade, liberdade!

Marcelo Rios 03/01/17

Começar do zero

Marcelo Rios 30/11/16

Metanoia - a metamorfose da alma!

Marcelo Rios 09/08/16

Um casamento sem afeto

ver todas

Colunistas

Tânia Mara
Artigos
Dinei Feitosa
Sinopse Geral

Articulistas

André Maciel
EDENI MENDES
Fabiano Brum
Josué Ghizoni
Marcelo Rios
Márcia Spada

Programe-se

agência dream