Paranavaí
Min. 21°C Max. 31°C
diario do noroeste

Colunistas

Sinopse Geral
Sinopse Geral
OPINIÃO

SINOPSE GERAL

07/02/19 - Colunista > Sinopse Geral

BASE aliada do governo Ratinho Júnior na Assembleia Legislativa já conta com 41 deputados. Segundo informações da própria liderança do governo poderá chega a 44 dependendo da conversa que o líder Hussein Bakri terá com os três deputados eleitos pelo PP da ex-governadora Cida Borghetti. A bancada de oposição conta com seis deputados – quatro do PT e dois do MDB. Outros quatro deputados se declaram independentes (dois do Pros, um do DEM e outro do PDT).

QUATRO ex-deputados passam a integrar o governo de Ratinho Júnior. São eles: Alexandre Guimarães, que assume o cargo de assessor especial da Governadoria; Cláudio Palozi, que será superintendente da ParanaEducação; Rasca Rodrigues, nomeado como diretor-geral da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos; e Luiz Accorsi, que irá integrar a assessoria do governador. 

NA equipe de Ratinho Júnior, também, o filho do deputado federal Rubens Bueno (PPS), Rubens Bueno II, nomeado como assessor da Casa Civil. O Diário Oficial de ontem traz, ainda, a nomeação de 16 nomes para a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, entre eles o ex-titular da pasta (governo Cida Borghetti) Décio Sperandio.

PRESIDENTE Bolsonaro exonerou ontem o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, cujo nome de batismo é Marcelo Henrique Teixeira Dias. Reportagem do jornal Folha de S.Paulo aponta Marcelo Antônio como integrante de um esquema irregular para lançar candidatos "laranjas" nas eleições passadas e assim desviar verbas eleitorais do Fundo Partidário, beneficiando-se do sistema. Reeleito por Minas Gerais, Marcelo Antônio (PSL-MG) foi o deputado federal mais votado do estado. Na sua conta no Twitter ele negou qualquer tipo de irregularidade. "Sou o alvo de uma matéria que deturpa os fatos e traz denúncias vazias sobre nossa campanha em Minas Gerais”, afirmou. Também disse que volta já, já ao cargo.

QUATRO dias depois de tomar posse em seu primeiro mandato o deputado estadual Boca Aberta Júnior já anunciou que está mudando de partido. Eleito em outubro pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), o parlamentar anunciou que vai se filiar ao Partido Republicano da Ordem Social (PROS). A filiação oficial do parlamentar acontecerá em abril, quando os parlamentares terão uma janela partidária para mudar de sigla sem a perda do mandato. Boca Aberta Jr. é filho do deputado federal Emerson Boca Aberta (PROS).

MINISTRO da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, retratou-se por uma frase atribuída erroneamente ao cantor Cazuza, mas depois disse que se tratava de um erro bobo. Culpou ainda a mídia por supostamente descontextualizar suas declarações. Em entrevista à revista Veja ele disse que Cazuza "pregava que liberdade é passar a mão no guarda". Não há notícias de que o cantor, morto em 1990, teria dito isso. A frase é atribuída ao grupo humorístico "Casseta & Planeta" nos anos 1980. Lucinha, mãe de Cacuza, divulgou mais cedo uma carta aberta em que refutava a ligação da frase a seu filho, classificava o episódio como inadmissível e ameaçava processar o ministro.

JOGANDO a culpa na imprensa, o ministro Vélez disse que a mídia não mostra que agora há no MEC "uma equipe comprometida com a educação do nosso povo" e que diretrizes "nocivas do sistema educacional" estão sendo revistas. O ministro não citou quais seriam essas novas diretrizes. A nota diz que a pasta está trabalhando para desaparelhar as escolas e educar de verdade. "É isso que importa, mas não é isso que a mídia quer que você saiba", completa a nota assinada por ele. 

TRÊS de seis secretários escolhidos por Vélez são ex-alunos seus sem nenhuma experiência em gestão educacional. A única diretriz anunciada pelo governo Bolsonaro na área de educação é um foco em alfabetização, embora não haja detalhes do que será feito. Vélez escolheu para uma nova Secretaria de Alfabetização o dono de uma pequena escola do Paraná, também sem experiência em gestão pública. Carlos Nadalim foi indicado pelo escritor Olavo de Carvalho, assim como o próprio Vélez. Na mesma entrevista à revista Veja, o ministro, que é colombiano, disse que o brasileiro é um "canibal viajando" e que rouba coisas de hotéis e aviões. Sobre essa declaração o ministro não pediu desculpas.

MINISTRO do Meio Ambiente, Ricardo Salles, está em um relacionamento complicado com as ONGs ambientalistas. Ele bloqueou da sua conta pessoal no Twitter alguns perfis como o do Observatório do Clima e o do coordenador de campanhas do Greenpeace, Nilo D Ávila. Ele explica que "está aberto para receber todos os ambientalistas sérios". Questionado sobre qual o seu critério de seriedade, Salles responde que "as organizações que ligarem e agendarem uma reunião para discutir uma pauta serão recebidas. Mas você não pode ir na internet dizer que sou burro, incompetente, e depois querer vir aqui; isso não é ter uma boa relação". O critério do ministro também inclui regras de comportamento. "Vou receber quem tenha uma pauta séria; sem "assembleísmo", sem manifestação", descreve.

NA disputa por espaço, poder político e cargos na "nova" Assembleia Legislativa, surgiu uma parceria no mínimo inusitada. O MDB do ex-senador Roberto Requião formou um bloco com o Democratas – legenda oriunda do antigo PFL (Partido da Frente Liberal) – nascido de uma dissidência do PDS, que, por sua vez, foi a sigla herdeira da Arena – que dava sustentação ao governo militar.

AS bancadas do DEM e do MDB foram as primeiras a formalizar a criação do bloco, formado pelos deputados Anibelli Neto (PMDB), Requião Filho (PMDB) – filho do ex-senador Roberto Requião - Nelson Justus (DEM) e Plauto Miró Guimarães (DEM). O bloco indicou Anibelli como líder e Justus como vice-líder. Justus deve disputar o comando da Comissão de Constituição e Justiça – mais importante da Assembleia – com o recém-empossado deputado Fernando Francishini (PSL).

PSDB formado pelos deputados Ademar Traiano, Paulo Litro e Michele Caputo, uniu-se ao PV, constituído por Rodrigo Estacho e Soldado Adriano José. Seu líder é Caputo, tendo como vice-líderes Soldado Adriano e Paulo Litro. Também formaram bloco o PR/PRB/PODE, com quatro integrantes: Alexandre Amaro (PRB), Delegado Jacovós (PR), Marcel Micheletto (PR) e Galo (PODE). Para liderá-lo foi escolhido o deputado Alexandre Amaro, tendo como vice-líderes Delegado Jacovós e Galo. A bancada do PPS, constituída pelos deputados Tercílio Turini, Cristina Silvestre e Douglas Fabrício, formalizou terça-feira (5) a indicação do líder e do vice-líder. São eles: Douglas Fabrício e Cristina Silvestri, respectivamente.

PDT, o PMN e o PPL constituíram bloco integrado pelos deputados Nelson Luersen (PDT), Goura (PDT), Dr. Batista (PMN) e Marcio Pacheco (PPL). O líder do bloco será o deputado Goura, e o vice-líder, Marcio Pacheco. O PSD, que tem em seus quadros Mauro Moraes, Hussein Bakri, Francisco Buhrer, Cobra Repórter e Delegado Recalcati, escolheu para a liderança o deputado Mauro Moraes, e para vice-líder, Cobra Repórter. PROS, integrado pelos deputados Soldado Fruet, Homero Marchese e Boca Aberta Jr. indicou como líder Soldado Fruet e como vice-líder Homero Marchese. O PP, formado pelos deputados Maria Victória, Luiz Carlos Martins e Gilberto Ribeiro, indicou como líder a deputada Maria Victória, e como vice-líder, Luiz Carlos Martins.

BANCADA da Oposição, composta pelos deputados Tadeu Veneri (PT), Anibelli Neto (MDB), Professor Lemos (PT), Luciana Rafagnin (PT), Arilson Chiorato (PT) e Requião Filho (MDB), indicou para a Liderança o deputado Tadeu Veneri, e para a vice-liderança a deputada Luciana Rafagnin. A bancada do PT indicou como líder o deputado Professor Lemos e como vice-líder o deputado Arilson Chiorato.

FRASE: Na administração pública, aonde se espera o resultado político, obra sem alma é obra não feita, é promessa não cumprida, é nada mesmo que tudo (Jean Carlos Sestrem)

Mais

Sinopse Geral 17/02/19

SINOPSE GERAL

Sinopse Geral 16/02/19

SINOPSE GERAL

Sinopse Geral 15/02/19

SINOPSE GERAL

Sinopse Geral 14/02/19

SINOPSE GERAL

Sinopse Geral 13/02/19

SINOPSE GERAL

ver todas

diario do noroeste

Colunistas

Tânia Mara
Dinei Feitosa
Sinopse Geral

Articulistas

André Maciel
EDENI MENDES
Fabiano Brum
Josué Ghizoni
Marcelo Rios
Márcia Spada
diario do noroeste

Programe-se

17/02/19

Em Amaporã, 1º Rodeio Profissional. A partir das 14h, Domingueira Automotiva, e final do Concurso Princesa do Rodeio. Ingresso para o Rodeio: R$ 15; ingresso para o show musical: R$ 10.

21/02/19

Baile do Cincão no Paranavaí Tênis Clube, a partir das 20h, ao som de Ruan Marcos e Diego.

21/02/19

Palestra espírita às 20h na Casa da Sopa. José Carlos Bertacchi falará sobre o tema A Revelação Espiríta.

22/02/19

Concurso Rainha da 48ª ExpoParanavaí (Exposição Agropecuária e Industrial de Paranavaí).

23/02/19

Zico Gaiteiro e Balanço Fandangueiro fazem a festa no Paranavaí Tênis Clube. O baile inicia-se a partir das 22h.

28/02/19

A Verdadeira Riqueza é o tema a ser explorado pelo palestrante Cláudio Madeiras, às 20h, na Casa da Sopa.

28/02/19

Baile do Cincão sob a animação musical de Denys Russo, no Paranavaí Tênis Clube. Início às 20h.

02/03/19

Cavalgada que antecede a 48ª ExpoParanavaí.

08/03/19

Abertura da 48ª ExpoParanavaí e 22ª Internacional, no Parque de Exposições Costa e Silva. Continua até dia 17.

09/03/19

Na ExpoParanavaí, show da dupla Zé Neto & Cristiano.

09/03/19

Reunião da Academia de Letras e Artes de Paranavaí, sob a presidência de José Cauneto.

15/03/19

Show do cantor Gusttavo Lima, na ExpoParanavaí.

16/03/19

Show de Henrique & Juliano, na ExpoParanavaí.

11/05/19

Na Expoingá, show de Gusttavo Lima. Às 23h, em Maringá.

14/05/19

Show de Alexandre Pires, na Expoingá, no Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro, em Maringá. Às 22h.

diario do noroeste
diario do noroeste
agência dream