Paranavaí
Min. 8°C Max. 23°C

Colunistas

Sinopse Geral
Sinopse Geral
ARTIGO

SINOPSE GERAL

17/04/19 - Colunista > Sinopse Geral

EX-GOVERNADOR Beto Richa (PSDB) se tornou réu nesta semana pela terceira vez na Operação Quadro Negro, que investiga desvio de mais de R$ 20 milhões em obras de escolas públicas. O juiz Fernando Fischer, da 9ª Vara Criminal de Curitiba, aceitou a denúncia do Ministério Público Estadual contra o tucano pelo crime de corrupção passiva e por obter vantagem indevida em contrato de licitação. Na Quadro Negro, Richa já responde pelos crimes de obstrução de justiça, corrupção, organização criminosa e prorrogação indevida de contrato de licitação.
JUSTIÇA determinou segunda-feira (15) o bloqueio de bens do ex-governador de São Paulo e presidente nacional do PSDB, Geraldo Alckmin. A decisão, do juiz Alberto Alonso Muñoz, da 13ª Vara da Fazenda Pública de S. Paulo, atendeu a um pedido do Ministério Público. Cabe recurso contra a decisão. O processo refere-se à ação que investiga se o governador cometeu improbidade administrativa em virtude de repasses da Odebrecht para a campanha de 2014, quando o tucano foi reeleito governador. O montante seria de 7,8 milhões de reais. As informações são da VEJA. O magistrado também bloqueou bens de cinco servidores e executivos da empreiteira. No total, foram bloqueados R$ 39,7 milhões dos investigados. Alckmin manifestou-se contra o bloqueio de bens, alegando ausência de “fortes indícios” de responsabilidade na prática de ato de improbidade administrativa.

AGEPAR (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná) homologou na noite de segunda (15), em reunião extraordinária do Conselho Diretor,  o reajuste de 12,13% na tarifa de água e esgoto, pedido pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). O valor está bem acima do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de maio de 2018 a abril de 2019, que foi de 4,3%. O aumento vale para 346 dos 399 municípios atendidos pela companhia. No ano passado, o reajuste foi de 5,12%. 

SEM acordo entre governo, centrão e oposição, a Comissão de Constituição e Justiça votará a PEC do Orçamento impositivo antes da reforma da Previdência. Com isso, fica mais difícil para o governo cumprir seu cronograma de concluir a análise da reforma antes do feriado da Páscoa. Foi aprovado na segunda-feira (15) requerimento para que sejam votadas primeiro as mudanças feitas pelo Senado na proposta que engessa o poder do Executivo sobre o Orçamento e só depois a PEC que muda  as regras da aposentadoria.

ATÉ mesmo o PSL orientou a bancada a inverter a ordem de votação. O líder do governo, major Vitor Hugo (PSL-GO), afirmou que a proposta do Orçamento impositivo "vai no sentido de privilegiar as emendas parlamentares" e, então, recomendou a mudança na pauta. Mas, nos bastidores, interlocutores de Bolsonaro tentaram manter a reforma da Previdência como primeiro projeto a ser analisado. Com a derrota iminente o PSL mudou de posição e passou a defender a PEC do Orçamento impositivo.

DE acordo com o 7º levantamento da safra de grãos divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção total no Paraná deverá chegar a 36,5 milhões de toneladas. Isso representa um aumento de 4,3% em comparação à safra anterior, que foi de 35 milhões de toneladas. 

ATIVIDADE econômica registra queda neste ano. É o que mostra o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), divulgado nesta semana pelo Banco Central. Em fevereiro o índice apresentou queda de 0,73%, na comparação com janeiro, segundo dados dessazonalizados (ajustados para o período).

EX-DEPUTADO Elio Rusch (DEM) assumiu anteontem na Assembleia Legislativa a vaga aberta com a licença-maternidade da deputada Maria Victória (PP), cuja filha, Maria Antonia, nasceu na última sexta-feira (12). Esta é a primeira vez que um parlamentar se afasta com base na lei de 2018, que prevê licença aos deputados em razão do nascimento de filho ou adoção.

DO deputado Felipe Francischini, presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal, decepcionado com os aliados do governo Bolsonaro que não se empenharam para votar a proposta da reforma da Previdência na sessão de anteontem da comissão: “Tem pouca gente neste barco e nem todos estão remando”.

JUSTIÇA de Minas Gerais determinou a extinção de um processo que ordenava o bloqueio de R$ 11,5 milhões em bens do deputado federal Aécio Neves (PSDB), ex-governador do estado. Na decisão o juiz Rogério Santos Araújo Abreu, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Belo Horizonte, atende a um pedido da defesa, que havia apontado prescrição nas acusações feitas pelo Ministério Público do Estado.

NUMA tentativa de desqualificar ou colocar em xeque a denúncia da parlamentar, integrantes do governo fazem circular pelo WhatsApp um vídeo em que a deputada Alê chora ao dizer que não votaria em Rodrigo Maia (DEM-RJ) para presidente da Câmara e que seu voto seria do deputado Marcel Van Hattem (Novo-RS), que acabou desistindo da disputa. O fato de a deputada aparecer chorando é usado por auxiliares do presidente para dizer que ela é "instável" e que as acusações podem não se confirmar. Se no Planalto a ordem é silêncio, o mesmo não aconteceu na bancada do PSL.

LÍDER do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), afirmou à Folha que "todas as providências cabíveis" devem ser tomadas se forem confirmadas as acusações da deputada Alê. No sábado (13) a deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) defendeu a deputada do PSL de Minas.
Pelo Twitter, disse que telefonou para a colega de partido e que pediu a Bolsonaro que demita Álvaro Antônio. "Como é que pode uma situação dessas e o presidente não tomar providências? Não pode", afirmou Janaina.

À FOLHA o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) defendeu a demissão do ministro. "Eu peço a demissão dele há tempos. Um governo que discursa contra a corrupção não pode ter um suspeito no seu primeiro escalão. Ele deve ser exonerado e só voltar quando se provar inocente", disse.

ACUSAÇÃO também gerou reações da oposição ao governo no Congresso.
Noticiado pela Folha no início de fevereiro, o caso das laranjas do PSL é investigado pela PF e pelo Ministério Público em Minas e em Pernambuco. Levou à queda do ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, que comandou o partido nacionalmente em 2018. Uma série de reportagens desde então mostrou que Álvaro Antônio patrocinou em Minas um esquema de candidaturas de mulheres que receberam expressivos recursos públicos do partido, sem sinal de que tenham feito campanha efetiva.
Parte desse dinheiro foi para empresas ligadas a assessores de seu gabinete na Câmara. Ele exercia o mandato de deputado federal até 2018.

TAMBÉM os desafetos do governo estão pedindo a demissão do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Um deles é Zeca Dirceu. O deputado, que ganhou as manchetes nas últimas semanas após debater com o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a acusação de que Álvaro Antônio ameaçou a deputada Alê Silva “é muito grave”. “Primeira atitude, no mínimo, é o afastamento imediato do ministro até que o caso seja apurado”, escreveu.
 
FRASE: Empreendedores são aqueles que entendem que há uma pequena diferença entre obstáculos e oportunidades e são capazes de transformar ambos em vantagem (Maquiavel)

Mais

Sinopse Geral 24/05/19

SINOPSE GERAL

Sinopse Geral 23/05/19

SINOPSE GERAL

Sinopse Geral 21/05/19

SINOPSE GERAL

Sinopse Geral 21/05/19

SINOPSE GERAL

Sinopse Geral 18/05/19

SINOPSE GERAL

ver todas

Colunistas

Tânia Mara
Artigos
Dinei Feitosa
Sinopse Geral

Articulistas

André Maciel
EDENI MENDES
Fabiano Brum
Josué Ghizoni
Local
Marcelo Rios
Márcia Spada

Programe-se

25/05/19

No Paranavaí Tênis Clube, baile com a Banda Garotos do Sul, de Mariluz. Começa às 22h.

30/05/19

Palestra com tema livre, proferida por José Carlos Bertacchi. Às 20h, na Casa da Sopa.

30/05/19

Ruan Marcos & Diego do Teclado são os destaques musicais no baile do Paranavaí Tênis Clube. Começa às 20h.

01/06/19

Assembleia Geral Extraordinária da Academia de Letras e Artes de Paranavaí, às 14h30 na Biblioteca Municipal.

13/06/19

Reunião do Núcleo Multissetorial Jovens Empresários e Empreendedores de Paranavaí (Aciap Jovem), sob a presidênciade Rubens Celestino Vila Júnior (Xuxa). Às 18h30, na Aciap.

13/06/19

Reunião do Núcleo Multissetorial Mulheres Empresárias e Empreendedoras de Paranavaí (Aciap Mulher), sob a presidência de Denise Pierin. Às 7h30, na Aciap.

16/06/19

Costelão ao Fogo de Chão no CTG Fazenda Velha Brasileira, das 12h às 14h30. Depois, leilão de gado em prol da APDE.

19/06/19

Reunião do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança), tendo na presidência Cláudio Miguel de Souza. Às 18h30, na Aciap.

20/06/19

Acampamento para Casais, realização da Paróquia São Sebastião – Santuário do Carmo, de 20 a 24 de abril. Contato: 3421-0400.

26/06/19

Reunião do CCCP (Conselho da Comunidade da Comarca de Paranavaí), às 18h, na Aciap. Cláudio Miguel de Souza é o presidente.

27/06/19

Reunião do Núcleo Multissetorial Jovens Empresários e Empreendedores de Paranavaí (Aciap Jovem), sob a presidênciade Rubens Celestino Vila Júnior (Xuxa). Às 18h30, na Aciap.

27/06/19

Reunião do Núcleo Multissetorial Mulheres Empresárias e Empreendedoras de Paranavaí (Aciap Mulher), sob a presidência de Denise Pierin. Às 7h30, na Aciap.

17/07/19

Reunião do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança), tendo na presidência Cláudio Miguel de Souza. Às 18h30, na Aciap.

24/07/19

Reunião do CCCP (Conselho da Comunidade da Comarca de Paranavaí), às 18h, na Aciap. Cláudio Miguel de Souza é o presidente.

08/08/19

Reunião do Núcleo Multissetorial Jovens Empresários e Empreendedores de Paranavaí (Aciap Jovem), sob a presidênciade Rubens Celestino Vila Júnior (Xuxa). Às 18h30, na Aciap.

08/08/19

Reunião do Núcleo Multissetorial Mulheres Empresárias e Empreendedoras de Paranavaí (Aciap Mulher), sob a presidência de Denise Pierin. Às 7h30, na Aciap.

21/08/19

Reunião do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança), tendo na presidência Cláudio Miguel de Souza. Às 18h30, na Aciap.

22/08/19

Reunião do Núcleo Multissetorial Jovens Empresários e Empreendedores de Paranavaí (Aciap Jovem), sob a presidênciade Rubens Celestino Vila Júnior (Xuxa). Às 18h30, na Aciap.

22/08/19

Reunião do Núcleo Multissetorial Mulheres Empresárias e Empreendedoras de Paranavaí (Aciap Mulher), sob a presidência de Denise Pierin. Às 7h30, na Aciap.

28/08/19

Reunião do CCCP (Conselho da Comunidade da Comarca de Paranavaí), às 18h, na Aciap. Cláudio Miguel de Souza é o presidente.

agência dream