Paranavaí
Min. 17°C Max. 29°C

Cotidiano

POLÍTICA

"Temos que fazer mais", diz Moro sobre combate à corrupção no país

  • Ouvidoria Municipal fez quase 9 mil atendimentos em 2019
  • Polícia Militar apresenta resultados positivos da Operação Verão
  • Secretaria alerta para cuidados com  a conservação dos alimentos no verão
  • Cadastro e atualização do Passe Livre  do Estudante começam no dia 21
  • Projeto garante gratuidade de documentos obrigatórios
BALANÇO 2019

Quase 96mil paranaenses conseguiram emprego pelas Agências do Trabalhador

O Paraná encerrou 2019 como um dos quatro estados que mais geraram emprego no País, e as Agências do Trabalhador foram fundamentais para este resultado: o número de paranaenses colocados no mercado de trabalho por meio delas chegou a 95.955.A Agência do Trabalhador da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho em Curitiba foi a que mais colocou trabalhadores em novos empregos no ano passado: 7.819. Depois, vêm as de Cascavel (4.518) e de São José dos Pinhais (2.655). O Paraná tem uma rede com 216 postos de atendimento da Agência do Trabalhador – a maior do país, presente em mais de 50% dos municípios.“É um número excelente: do total de trabalhadores admitidos no mercado formal paranaense, em torno de 8% foram intermediados por meio de uma agência do trabalhador do estado. É o melhor resultado do país”, analisa a economista Suelen Gliski, da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho.O resultado é fruto de uma nova política adotada pelo Departamento do Trabalho da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho a partir de 2019, por orientação do governador Carlos Massa Ratinho Junior e do secretário Ney Leprevost. “Mais dinamismo no atendimento e uma aproximação com a iniciativa privada agilizaram o preenchimento das vagas abertas em todo o estado”, afirma Leprevost.Para facilitar o processo de seleção, a Agência do Trabalhador de Curitiba, inclusive, cede espaços dentro de suas instalações a empresas parceiras para que os processos seletivos sejam realizados no local, agilizando as contratações. “Buscamos as empresas que mais costumam abrir vagas para auxiliar a encontrar os trabalhadores no perfil desejado”, explica Leprevost.PARCERIAS - Dentre elas, por exemplo, está a rede de supermercados Condor. “Temos uma parceria muito grande com a Agência do Trabalhador de Curitiba, que nos traz muito resultado. Para se ter uma ideia, contratamos 4 mil a 5 mil colaboradores em 2019, e grande parte dessas contratações foram feitas via agência”, explica Charmoniks Maria da Graça Heuer, gestora de Recursos Humanos da rede de supermercados. Ela destaca que a empresa utiliza até uma sala dentro da Agência do Trabalhador de Curitiba, fornecida pela Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, para poder acelerar o recrutamento e seleção das pessoas.“Quando contratamos pela Agência do Trabalhador, ajudamos a sociedade de várias formas, pois há dentre os candidatos pessoas em situação de vulnerabilidade e casos de primeiro emprego, por exemplo. Outra vantagem de contratar pela Agência é que esses candidatos já passam por uma pré-análise, o que facilita a seleção. A Agência do Trabalhador para nós é uma referência”, finaliza Charmoniks.“Nossa parceria com a Agência do Trabalhador tem sido fundamental e de extrema importância para criar um canal direto entre os candidatos e nossas vagas de emprego disponíveis”, diz Gisele Rodrigues, coordenadora de Gente da BTCC Conexão Cliente, empresa do Grupo Oi.

FIQUE ATENTO

Opção pelo Simples exige que pagamento de imposto esteja em dia

Termina nesta sexta-feira (dia 31) o prazo para adesão ao Simples Nacional, o regime tributário diferenciado destinado a microempresas, que faturam até R$ 360 mil por ano; e empresas de pequeno porte que faturam até R$ 4,8 milhões por ano. As empresas postulantes não podem ter pendências cadastrais ou fiscais com nenhum ente, ou seja, União, estados, Distrito Federal e municípios.As empresas que aderem ao Simples são a grande maioria em todo o país. No Paraná, do total de 274.609 inscritos atualmente no Cadastro Estadual de ICMS, 190.829 são empresas optantes pelo Simples Nacional; portanto, representam 70%.O gerente do Simples Nacional na Secretaria da Fazenda, Yukiharu Hamada, alerta que débito com o IPVA também impede a adesão; e nesta semana estão ocorrendo os vencimentos da primeira parcela, conforme o final da placa.REÚNE IMPOSTOS - O sistema Simples Nacional reúne num único recolhimento mensal os impostos de renda e sobre produtos industrializados, o ICMS e o ISS; as contribuições sobre lucro líquido, Cofins, PIS/Pasep e Contribuição Patronal Previdenciária.A opção pelo Simples Nacional deve ser feita pela internet, por meio do Portal do Simples Nacional (em Simples Serviços > Opção > Solicitação de Opção pelo Simples Nacional) e não pode ser modificado durante o ano-calendário. O proprietário de uma empresa que quer saber se pode optar por esse regime deve acessar o Serviço “Consulta Optantes”, no Portal.

 - Quinta-feira | Edição 18.513
Diário Digital Quinta-feira | Edição 18.513 02/04/2020 Baixar
agência dream