Paranavaí
Min. 21°C Max. 32°C
diario do noroeste

Social

Programe-se Tânia Mara
tânia mara
Tânia Mara

Coluna Social - Tânia Mara 03/02/2019

EFEMÉRIDES DO MÊS DE FEVEREIRO

03/02/1951 – Chega a Graciosa a Família Brunning. O casal João e Ágatha Brunning teve os filhos Francisca, Laura, Hilda, Maria, Ana, Rosa, Huberto (homenageado com nome de rua em Paranavaí), Zélia, Miguel, Inês, Mirian e Marísia

04/02/2016 – Prefeito Rogério Lorenzetti nomeia e dá posse aos primeiros 37 aprovados para formar a corporação da Guarda Municipal de Paranavaí.

05/02/1972 - Instalado o Capítulo Rosa Cruz Entre-Rios da Maçonaria.

05/02/2016 – Faleceu por volta das 6h, o engenheiro civil Nelson Leal, 77 anos. Foi vereador de Paranavaí por dois mandatos (de 1964 a 1972). Deixa a esposa e quatro filhos. Natural de Rio Negro-PR e registrado em Mafra-SC, formou-se pela Universidade Federal de Curitiba. Logo depois transferiu-se para Paranavaí em 1959. Na cidade, casou-se com Lecir Lacroix Leal. Teve os filhos: Nelson Leal Júnior, Sérgio Lacroix Leal, Renato Lacroix Leal e Roberto Lacroix Leal. Era aposentado e fez carreira no quadro do Departamento Estadual de Obras Públicas (DEOE).

06/02/1930 - Registrado primeiro óbito, de Joaquim Severiano Granja, após a criação do Distrito Judiciário de Vila Montoya, primeira denominação oficial da futura cidade de Paranavaí.

07/02/1982 – Surge em Paranavaí o Clube de Desbravadores, com o nome Vale do Ivaí, ministério mundial da Igreja Adventista do 7º Dia, com objetivo de desenvolver capacidades físicas, mentais, sociais e espirituais nos adolescentes de 10 a 15 anos. Em 10/08/2008 é formado mais um clube na Vila Operária denominado Clube de Desbravadores Ramos do Vale e em 2012 o terceiro Clube dos Desbravadores Remanescentes no Jardim São Jorge.

09/02/1952 - Chega a Paranavaí para visita o padre alemão Jacobus Beck, que escreveu um relatório pormenorizado da visita.

09/02/2016 - Faleceu o pioneiro Hilton Garcia Reeberg (Santo), 86 anos. Deixou viúva Elvira Baceto Reeberg. Deixou os filhos Willian Hilton Reeberg, James Hilton Reeberg e Mary Hilton Reeberg de Mello, 5 netos e 1 bisneto. Natural de Morretes, no Litoral paranaense, Santo chegou a Londrina para trabalhar e em 10 de março de 1952 veio para Paranavaí como funcionário da Importadora Pindorama, aqui ficando definitivamente. Um dos fundadores do Rotary Club Paranavaí, era atuante nos esportes, destacando-se como atleta e incentivador de bolão e uma das equipes de basquete de maior destaque do Paraná, na década de 60, o Atlético Clube Paranavaí.

11/02/2018 - Domingo (11 de fevereiro) faleceu a professora, escritora e poetiza Cleuza Cyrino Penha, aos 89 anos, após período internada para tratamento de uma infecção. Ela estava residindo em Belo Horizonte-MG, desde o fim de setembro de 2017, na casa do filho Ulisses. O corpo foi sepultado na terça-feira (13/02), no Cemitério Municipal de Paranavaí, ao lado de outro pioneiro de valor inestimável, o marido de Cleuza, Boulivar Penha, falecido em 2004. Ela se destacou no ofício de educar e foi além, deixando marcas na poesia, na luta classista e na defesa dos mais necessitados. Teve atuação marcante no movimento cultural da cidade, publicando 18 livros. Tia Cleuza era uma das fundadoras da Academia de Letras e Artes de Paranavaí, cadeira número 1. Dirigiu a Fundação Cultural, emprestando seu conhecimento para toda a comunidade. Também militou nas causas empresariais. Foi diretora da Aciap e do Conselho da Mulher Empresária. Atuou na Associação de Senhoras de Rotarianos e foi rotariana. Acompanhou o marido Boulivar Penha no estreito vínculo com o clube de serviço, quando este desempenhou a função de governador do Distrito 4630. Cleuza Cyrino Penha nasceu em Lins-SP em 1º de janeiro de 1929, estabelecendo-se em Paranavaí com o marido desde 1960. Teve três filhos: a psicóloga Alda; o geólogo e professor universitário Ulisses; o empresário Edgar, além de netos e bisnetos.

12/02/1761 - Dom José, rei de Portugal e Dom Carlos II, da Espanha, assinam um tratado em El Pardo, anulando o Tratado de 13/01/1750, que versava sobre os limites das conquistas entre espanhóis e portugueses na parte Sul do meridiano de Tordesilhas. O Tratado de Tordesilhas, celebrado na cidade espanhola do mesmo nome em 07/06/1494 (logo depois do descobrimento da América), por Dom João III e os reis católicos Fernando e Isabel de Aragão e Castela (Espanha), atribuía a Portugal todas as terras descobertas ou a descobrir a Oeste de uma linha meridiana imaginária a 100 léguas das ilhas de Açores e Cabo Verde. Essa linha foi depois retificada para 370 léguas mais ao Ocidente da ilha de Cabo Verde. Pelo acordo, quase três milhões de Km² do atual território brasileiro já seriam lusitanos, seis anos antes do "descobrimento" ou "achamento" do Brasil por parte de Pedro Álvares Cabral

12/02/1975 – Decreto Municipal 1.733 altera e aprova os Estatutos da Fundação Municipal de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí.

13/02/1955 - Fundada a Associação Comercial e Industrial, tendo como primeiro presidente João Nascimento Tulha.

14/02/1958 – Criada a Unidade Escolar de 1º Grau, que passou a Escola de Aplicação (que funcionava anexa ao Colégio Estadual, depois Faculdade Municipal e atual Senac), Escola Leonel Franca e atual Colégio Estadual Leonel Franca.

14/02/2001- Publicada Resolução do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (com sede em Porto Alegre-RS) criando a Vara Federal da Circunscrição Judiciária de Paranavaí, instalada em 21/02/01, com a posse do primeiro juiz federal, Adriano José Pinheiro, e do juiz substituto Emanuel Alberto Sperandio Garcia Gimenez, depois substituido por Matheus Gaspar

15/02/1959 – Sob a direção do professor Laércio Bastos Xavier, iniciaram os trabalhos escolares do segundo Grupo Escolar de Paranavaí, nos dias atuais Colégio Estadual Dr. Marins Alves de Camargo. O corpo docente era formado por 18 professores e 500 alunos, distribuídos em 17 classes: uma de terceira série, três de segunda série e treze de primeira série. Funcionava na época da criação em 1959 em sobrado de madeira, depois demolido, em cujo local foi construído o Mercado do Povo (próximo à Igreja São Sebastião). Em agosto de 1960 passou a funcionar na rua Souza Naves, nº 1503, em instalações de madeira, demolido para dar lugar ao Ginásio de Esportes Lacerda Braga. No dia 06 de agosto de 1962 mudou a denominação do estabelecimento, de segundo Grupo Escolar de Paranavaí, para Grupo Escolar Dr. Marins Alves de Camargo, nome que permanece até hoje. No dia 06 de agosto de 1975, foi inaugurado o novo prédio na rua Bahia, s/n, no Jardim Ouro Branco, atual endereço. O prédio atual foi construído em convênio com a Prefeitura Municipal e Governo do Estado numa área de 1348,39 m², possuindo três alas, duas ocupadas por salas de aula e uma ala ocupada pela administração, tendo também o pátio coberto, banheiros, cozinha, gabinete de orientação educacional e cantina comercial. Nos fundos do terreno duas quadras de esporte com arquibancadas, uma dependência onde funciona o departamento de educação física e a residência do zelador predial.

15/02/1967 – Criado o Ginásio Estadual de Graciosa, que deu origem à Escola Estadual José de Anchieta, do Distrito de Graciosa

16/02/1954 - Criado o Rotary Club Paranavaí, tendo como presidente Hamilton Costa e membros José Vaz de Carvalho, Lourival Rauen, Jayme Cunha, José de Andrade Fidelis, Neil Jorge, Sílvio Vidal, Ismael Gripp, Henrique Fáber, Sinval Coube Bogado, Antonio Pilar Cardoso, Joaquim Castella, Milton Costa, Luiz Fernandes, Carlos Aloísio Garcia Figueiredo, José Alencar Furtado, Flávio Ettore Giovine, Gabriel Fay Neves, Osires Ramiro de Assis, Hilton Garcia (Santo) Reeberg, Eurico Roessler, Waldemiro Wagner e Leopoldo Schmidt.

17/02/1951 – Jacob Selhorst funda oficialmente o Patrimônio de Graciosa dos Catarinenses. Ele foi também o primeiro delegado de Polícia do Distrito.

17/02/1983 – Criada a Escola Estadual Flauzina Dias Viegas – EPG pela resolução 404/83, com reconhecimento do curso de 1º Grau pela resolução 1302/89 de 29/05/1989, e denominação alterada para Colégio Estadual Flauzina Dias Viegas

18/02/1920 - O Governo do Estado prorroga por mais dois anos o prazo para demarcação de terras, constantes do contrato de 08/09/1917.

19/02/1930 – Instalado o Distrito de Montoya, com a posse do primeiro escrivão, Alpiniano do Nascimento Ramos e do escrivão Raymundo da Rocha Salles. Lavrados os Termos de Abertura dos Livros de Registros de Obitos, Registros de Casamentos e Registros de Baptismos do Cartório Distrital de Montoya. Na mesma data foi feito o primeiro registro de nascimento, de Nelsina Maria de Jesus, nascida em 20/12/1929, filha de Júlia Maria de Jesus e pai incógnito e Pedro, nascido em 02/12/1928, filho de Maria do Carmo de Souza e pai incógnito.

19/02/1945 – Instalada a Escola Isolada Fazenda Brasileira. As primeiras professoras foram Odair Carvalho e sua cunhada, Ruth Doubeck, que tinham de receber o salário em Apucarana, então sede do Município. Tinham 30 alunos. A escola funcionava na casa dos pais de Odair Carvalho, o casal Paulina Gomes e Valdomiro Carvalho, que chegou a Paranavaí em 18 de agosto de 1944.

20/02/1952 – Chega à Agua do 22 (Graciosa) João Heidemann. No ano seguinte retornou a Santa Catarina, casou-se com Olga Tollmeiner e novamente veio para Graciosa no ano seguinte, onde se fixou.

22/02/1976 – Fundada em Paranavaí a Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira.

23/02/1960 – Prefeito Ulysses Faria Bandeira celebra com a Urbasa Construtora e Urbanizadora S/A, com sede em Rolândia-PR, contrato para execução de 70 mil metros quadrados de asfalto em ruas de Paranavaí. A Urbasa foi representada pelos seus dirigentes, engenheiro Rodrigo de Arruda Moreira, advogado Murilo Carlos de Arruda Moreira e médico Abelardo de Arruda Moreira (o contrato não especifica as ruas em que o asfalto seria feito).

24/02/1992 – Pelo decreto 4.139/92 o prefeito Rubens Felippe oficializa a criação do Bosque Municipal nos termos do art. 5º, alínea “A” e seu parágrafo único, da Lei Federal nº 4.771, de 15/11/65, com 202.051m², situado na Vila Operária. O Bosque foi implantado pelo então prefeito Antonio José Messias no início dos anos 1960.

24/02/2002 – Instalado o Juizado Especial Federal Adjunto.

27/02/1971 - Inaugurado o Parque de Exposições Presidente Arthur da Costa e Silva, pelo prefeito Dionísio Assis Dal Prá.

27/02/1972 – Inaugurado o Tiro de Guerra de Paranavaí, pelo prefeito Dionísio Dal Prá, com presença do secretário de Segurança Pública do Estado, coronel Pérsio Ferreira e o chefe de Instrução, sargento Raul de Oliveira Rodrigues.

27/02/2015 – Inaugurada a reforma do prédio cedido pela Prefeitura Municipal de Paranavaí para a instalação da Reitoria da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), pelo prefeito Rogério José Lorenzetti e deputado estadual Teruo Kato, com a presença do reitor Antonio Carlos Aleixo, de Campo Mourão.

28/02/1977 – Colégio Estadual Enira Moraes Ribeiro – EFMP foi criado como Grupo Escolar Enira Moraes Ribeiro em 16/01/1959 pelo decreto 2124/59, passando a denominar-se Escola Enira Moraes Ribeiro – Ensino de 1º Grau e Supletivo em 1977, até receber a denominação atual em 1978.

Coluna Social - Tânia Mara 02/02/2019

FRASE DO DIA

O mundo retribui a energia que escolhemos emanar (anônimo)

Coluna Social - Tânia Mara 02/02/2019

MISS PARANÁ BE EMOTION 2019

Trinta candidatas estarão concorrendo ao Miss Paraná Be Emotion 2019, em Curitiba, em três dias, a partir deste fim de semana. A chegada das misses, no Hotel Radisson, será amanhã. Pela manhã elas farão as fotos oficiais; à tarde, a sessão continua em pontos turísticos da capital, em um tour exclusivo da Viação Graciosa. No jantar os convidados poderão viver a magia do restaurante La Magique Gastronomique, no Shopping Crystal. Segunda-feira será o ensaio no próprio Hotel Radisson, seguido de uma entrevista individual com um júri especializado. As misses irão falar sobre o seu perfil e passar por um teste de conhecimentos. Às 18h acontece a tão esperada seletiva no Shopping Crystal. O público poderá acompanhar os desfiles na Praça de Eventos do Shopping. O jantar será no Coco Bambu, restaurante de frutos do mar. Terça, dia 5, logo cedo as misses irão conhecer o espaço de eventos da capital, o Teatro Positivo. Um ensaio geral acontece durante toda a manhã. Profissionais renomados irão preparar as misses para o tão sonhado evento. O concurso começa às 21h, com duração prevista de duas horas. A exibição, para todo o Paraná por meio da Band Paraná, TV Maringá, Tarobá Cascavel e Tarobá Londrina, será no dia 9 de fevereiro, às 22h. Quem for eleita a Miss Paraná Be Emotion 2019 terá agenda cheia no dia seguinte, começando por uma visita aos estúdios da Band Paraná com entrevista em diversos programas estaduais e nacionais.

Coluna Social - Tânia Mara 02/02/2019

EFEMÉRIDES DO MÊS DE FEVEREIRO

03/02/1951 – Chega a Graciosa a Família Brunning. O casal João e Ágatha Brunning teve os filhos Francisca, Laura, Hilda, Maria, Ana, Rosa, Huberto (homenageado com nome de rua em Paranavaí), Zélia, Miguel, Inês, Mirian e Marísia

04/02/2016 – Prefeito Rogério Lorenzetti nomeia e dá posse aos primeiros 37 aprovados para formar a corporação da Guarda Municipal de Paranavaí

05/02/1972 - Instalado o Capítulo Rosa Cruz Entre-Rios da Maçonaria

05/02/2016 – Faleceu por volta das 6h, o engenheiro civil Nelson Leal, 77 anos. Foi vereador de Paranavaí por dois mandatos (de 1964 a 1972). Deixa a esposa e quatro filhos. Natural de Rio Negro-PR e registrado em Mafra-SC, formou-se pela Universidade Federal de Curitiba. Logo depois transferiu-se para Paranavaí em 1959. Na cidade, casou-se com Lecir Lacroix Leal. Teve os filhos: Nelson Leal Júnior, Sérgio Lacroix Leal, Renato Lacroix Leal e Roberto Lacroix Leal. Era aposentado e fez carreira no quadro do Departamento Estadual de Obras Públicas (DEOE).

06/02/1930 - Registrado primeiro óbito, de Joaquim Severiano Granja, após a criação do Distrito Judiciário de Vila Montoya, primeira denominação oficial da futura cidade de Paranavaí.

07/02/1982 – Surge em Paranavaí o Clube de Desbravadores, com o nome Vale do Ivaí, ministério mundial da Igreja Adventista do 7º Dia, com objetivo de desenvolver capacidades físicas, mentais, sociais e espirituais nos adolescentes de 10 a 15 anos. Em 10/08/2008 é formado mais um clube na Vila Operária denominado Clube de Desbravadores Ramos do Vale e em 2012 o terceiro Clube dos Desbravadores Remanescentes no Jardim São Jorge.

09/02/1952 - Chega a Paranavaí para visita o padre alemão Jacobus Beck, que escreveu um relatório pormenorizado da visita.

09/02/2016 - Faleceu o pioneiro Hilton Garcia Reeberg (Santo), 86 anos. Deixou viúva Elvira Baceto Reeberg. Deixou os filhos Willian Hilton Reeberg, James Hilton Reeberg e Mary Hilton Reeberg de Mello, 5 netos e 1 bisneto. Natural de Morretes, no Litoral paranaense, Santo chegou a Londrina para trabalhar e em 10 de março de 1952 veio para Paranavaí como funcionário da Importadora Pindorama, aqui ficando definitivamente. Um dos fundadores do Rotary Club Paranavaí, era atuante nos esportes, destacando-se como atleta e incentivador de bolão e uma das equipes de basquete de maior destaque do Paraná, na década de 60, o Atlético Clube Paranavaí.

11/02/2018 - Domingo (11 de fevereiro) faleceu a professora, escritora e poetiza Cleuza Cyrino Penha, aos 89 anos, após período internada para tratamento de uma infecção. Ela estava residindo em Belo Horizonte-MG, desde o fim de setembro de 2017, na casa do filho Ulisses. O corpo foi sepultado na terça-feira (13/02), no Cemitério Municipal de Paranavaí, ao lado de outro pioneiro de valor inestimável, o marido de Cleuza, Boulivar Penha, falecido em 2004. Ela se destacou no ofício de educar e foi além, deixando marcas na poesia, na luta classista e na defesa dos mais necessitados. Teve atuação marcante no movimento cultural da cidade, publicando 18 livros. Tia Cleuza era uma das fundadoras da Academia de Letras e Artes de Paranavaí, cadeira número 1. Dirigiu a Fundação Cultural, emprestando seu conhecimento para toda a comunidade. Também militou nas causas empresariais. Foi diretora da Aciap e do Conselho da Mulher Empresária. Atuou na Associação de Senhoras de Rotarianos e foi rotariana. Acompanhou o marido Boulivar Penha no estreito vínculo com o clube de serviço, quando este desempenhou a função de governador do Distrito 4630. Cleuza Cyrino Penha nasceu em Lins-SP em 1º de janeiro de 1929, estabelecendo-se em Paranavaí com o marido desde 1960. Teve três filhos: a psicóloga Alda; o geólogo e professor universitário Ulisses; o empresário Edgar, além de netos e bisnetos.

12/02/1761 - Dom José, rei de Portugal e Dom Carlos II, da Espanha, assinam um tratado em El Pardo, anulando o Tratado de 13/01/1750, que versava sobre os limites das conquistas entre espanhóis e portugueses na parte Sul do meridiano de Tordesilhas. O Tratado de Tordesilhas, celebrado na cidade espanhola do mesmo nome em 07/06/1494 (logo depois do descobrimento da América), por Dom João III e os reis católicos Fernando e Isabel de Aragão e Castela (Espanha), atribuía a Portugal todas as terras descobertas ou a descobrir a Oeste de uma linha meridiana imaginária a 100 léguas das ilhas de Açores e Cabo Verde. Essa linha foi depois retificada para 370 léguas mais ao Ocidente da ilha de Cabo Verde. Pelo acordo, quase três milhões de Km² do atual território brasileiro já seriam lusitanos, seis anos antes do "descobrimento" ou "achamento" do Brasil por parte de Pedro Álvares Cabral

12/02/1975 – Decreto Municipal 1.733 altera e aprova os Estatutos da Fundação Municipal de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí.

13/02/1955 - Fundada a Associação Comercial e Industrial, tendo como primeiro presidente João Nascimento Tulha.

14/02/1958 – Criada a Unidade Escolar de 1º Grau, que passou a Escola de Aplicação (que funcionava anexa ao Colégio Estadual, depois Faculdade Municipal e atual Senac), Escola Leonel Franca e atual Colégio Estadual Leonel Franca.

14/02/2001- Publicada Resolução do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (com sede em Porto Alegre-RS) criando a Vara Federal da Circunscrição Judiciária de Paranavaí, instalada em 21/02/01, com a posse do primeiro juiz federal, Adriano José Pinheiro, e do juiz substituto Emanuel Alberto Sperandio Garcia Gimenez, depois substituido por Matheus Gaspar

15/02/1959 – Sob a direção do professor Laércio Bastos Xavier, iniciaram os trabalhos escolares do segundo Grupo Escolar de Paranavaí, nos dias atuais Colégio Estadual Dr. Marins Alves de Camargo. O corpo docente era formado por 18 professores e 500 alunos, distribuídos em 17 classes: uma de terceira série, três de segunda série e treze de primeira série. Funcionava na época da criação em 1959 em sobrado de madeira, depois demolido, em cujo local foi construído o Mercado do Povo (próximo à Igreja São Sebastião). Em agosto de 1960 passou a funcionar na rua Souza Naves, nº 1503, em instalações de madeira, demolido para dar lugar ao Ginásio de Esportes Lacerda Braga. No dia 06 de agosto de 1962 mudou a denominação do estabelecimento, de segundo Grupo Escolar de Paranavaí, para Grupo Escolar Dr. Marins Alves de Camargo, nome que permanece até hoje. No dia 06 de agosto de 1975, foi inaugurado o novo prédio na rua Bahia, s/n, no Jardim Ouro Branco, atual endereço. O prédio atual foi construído em convênio com a Prefeitura Municipal e Governo do Estado numa área de 1348,39 m², possuindo três alas, duas ocupadas por salas de aula e uma ala ocupada pela administração, tendo também o pátio coberto, banheiros, cozinha, gabinete de orientação educacional e cantina comercial. Nos fundos do terreno duas quadras de esporte com arquibancadas, uma dependência onde funciona o departamento de educação física e a residência do zelador predial.

15/02/1967 – Criado o Ginásio Estadual de Graciosa, que deu origem à Escola Estadual José de Anchieta, do Distrito de Graciosa

16/02/1954 - Criado o Rotary Club Paranavaí, tendo como presidente Hamilton Costa e membros José Vaz de Carvalho, Lourival Rauen, Jayme Cunha, José de Andrade Fidelis, Neil Jorge, Sílvio Vidal, Ismael Gripp, Henrique Fáber, Sinval Coube Bogado, Antonio Pilar Cardoso, Joaquim Castella, Milton Costa, Luiz Fernandes, Carlos Aloísio Garcia Figueiredo, José Alencar Furtado, Flávio Ettore Giovine, Gabriel Fay Neves, Osires Ramiro de Assis, Hilton Garcia (Santo) Reeberg, Eurico Roessler, Waldemiro Wagner e Leopoldo Schmidt.

17/02/1951 – Jacob Selhorst funda oficialmente o Patrimônio de Graciosa dos Catarinenses. Ele foi também o primeiro delegado de Polícia do Distrito.

17/02/1983 – Criada a Escola Estadual Flauzina Dias Viegas – EPG pela resolução 404/83, com reconhecimento do curso de 1º Grau pela resolução 1302/89 de 29/05/1989, e denominação alterada para Colégio Estadual Flauzina Dias Viegas

18/02/1920 - O Governo do Estado prorroga por mais dois anos o prazo para demarcação de terras, constantes do contrato de 08/09/1917.

19/02/1930 – Instalado o Distrito de Montoya, com a posse do primeiro escrivão, Alpiniano do Nascimento Ramos e do escrivão Raymundo da Rocha Salles. Lavrados os Termos de Abertura dos Livros de Registros de Obitos, Registros de Casamentos e Registros de Baptismos do Cartório Distrital de Montoya. Na mesma data foi feito o primeiro registro de nascimento, de Nelsina Maria de Jesus, nascida em 20/12/1929, filha de Júlia Maria de Jesus e pai incógnito e Pedro, nascido em 02/12/1928, filho de Maria do Carmo de Souza e pai incógnito.

19/02/1945 – Instalada a Escola Isolada Fazenda Brasileira. As primeiras professoras foram Odair Carvalho e sua cunhada, Ruth Doubeck, que tinham de receber o salário em Apucarana, então sede do Município. Tinham 30 alunos. A escola funcionava na casa dos pais de Odair Carvalho, o casal Paulina Gomes e Valdomiro Carvalho, que chegou a Paranavaí em 18 de agosto de 1944.

20/02/1952 – Chega à Agua do 22 (Graciosa) João Heidemann. No ano seguinte retornou a Santa Catarina, casou-se com Olga Tollmeiner e novamente veio para Graciosa no ano seguinte, onde se fixou.

22/02/1976 – Fundada em Paranavaí a Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira.

23/02/1960 – Prefeito Ulysses Faria Bandeira celebra com a Urbasa Construtora e Urbanizadora S/A, com sede em Rolândia-PR, contrato para execução de 70 mil metros quadrados de asfalto em ruas de Paranavaí. A Urbasa foi representada pelos seus dirigentes, engenheiro Rodrigo de Arruda Moreira, advogado Murilo Carlos de Arruda Moreira e médico Abelardo de Arruda Moreira (o contrato não especifica as ruas em que o asfalto seria feito).

24/02/1992 – Pelo decreto 4.139/92 o prefeito Rubens Felippe oficializa a criação do Bosque Municipal nos termos do art. 5º, alínea “A” e seu parágrafo único, da Lei Federal nº 4.771, de 15/11/65, com 202.051m², situado na Vila Operária. O Bosque foi implantado pelo então prefeito Antonio José Messias no início dos anos 1960.

24/02/2002 – Instalado o Juizado Especial Federal Adjunto.

27/02/1971 - Inaugurado o Parque de Exposições Presidente Arthur da Costa e Silva, pelo prefeito Dionísio Assis Dal Prá.

27/02/1972 – Inaugurado o Tiro de Guerra de Paranavaí, pelo prefeito Dionísio Dal Prá, com presença do secretário de Segurança Pública do Estado, coronel Pérsio Ferreira e o chefe de Instrução, sargento Raul de Oliveira Rodrigues.

27/02/2015 – Inaugurada a reforma do prédio cedido pela Prefeitura Municipal de Paranavaí para a instalação da Reitoria da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), pelo prefeito Rogério José Lorenzetti e deputado estadual Teruo Kato, com a presença do reitor Antonio Carlos Aleixo, de Campo Mourão.

28/02/1977 – Colégio Estadual Enira Moraes Ribeiro – EFMP foi criado como Grupo Escolar Enira Moraes Ribeiro em 16/01/1959 pelo decreto 2124/59, passando a denominar-se Escola Enira Moraes Ribeiro – Ensino de 1º Grau e Supletivo em 1977, até receber a denominação atual em 1978.

Coluna Social - Tânia Mara 01/02/2019

FRASE DO DIA

Momentos bons ou ruins fazem parte da vida. A diferença é que os bons marcam, enquanto que os ruins ensinam (anônimo)

Coluna Social - Tânia Mara 01/02/2019

EFEMÉRIDES DO MÊS DE FEVEREIRO

1º/02/1947 – Verônica Selhorst, filha de João Huberto Selhorst e Paula Ottersback, inicia trabalhos como primeira professora de Graciosa, com 32 alunos.

1º/02/2004 – Assume o terceiro bispo de Paranavaí, dom Sérgio Aparecido Colombo, até 2009. Em 6 de dezembro de 2009 deixou Paranavaí para assumir como bispo de Bragança Paulista-SP

1º/02/2018 – Prefeito de Paranavaí, Carlos Henrique Rossato Gomes, assume a Presidência da Amunpar (Associação dos Municípios do Noroeste do Paraná). Nos últimos 36 anos prefeitos de várias cidades da região se sucederam na função.

02/02/1950 – No mesmo local em que existia uma capela, construída entre 1945 e 1946, foi inaugurada a igrejinha de madeira em Graciosa. Depois, virou escola, com a construção da atual igreja em alvenaria do Distrito

03/02/1951 – Chega a Graciosa a Família Brunning. O casal João e Ágatha Brunning teve os filhos Francisca, Laura, Hilda, Maria, Ana, Rosa, Huberto (homenageado com nome de rua em Paranavaí), Zélia, Miguel, Inês, Mirian e Marísia

04/02/2016 – Prefeito Rogério Lorenzetti nomeia e dá posse aos primeiros 37 aprovados para formar a corporação da Guarda Municipal de Paranavaí

05/02/1972 - Instalado o Capítulo Rosa Cruz Entre-Rios da Maçonaria

05/02/2016 – Faleceu por volta das 6h, o engenheiro civil Nelson Leal, 77 anos. Foi vereador de Paranavaí por dois mandatos (de 1964 a 1972). Deixa a esposa e quatro filhos. Natural de Rio Negro-PR e registrado em Mafra-SC, formou-se pela Universidade Federal de Curitiba. Logo depois transferiu-se para Paranavaí em 1959. Na cidade, casou-se com Lecir Lacroix Leal. Teve os filhos: Nelson Leal Júnior, Sérgio Lacroix Leal, Renato Lacroix Leal e Roberto Lacroix Leal. Era aposentado e fez carreira no quadro do Departamento Estadual de Obras Públicas (DEOE).

06/02/1930 - Registrado primeiro óbito, de Joaquim Severiano Granja, após a criação do Distrito Judiciário de Vila Montoya, primeira denominação oficial da futura cidade de Paranavaí.

07/02/1982 – Surge em Paranavaí o Clube de Desbravadores, com o nome Vale do Ivaí, ministério mundial da Igreja Adventista do 7º Dia, com objetivo de desenvolver capacidades físicas, mentais, sociais e espirituais nos adolescentes de 10 a 15 anos. Em 10/08/2008 é formado mais um clube na Vila Operária denominado Clube de Desbravadores Ramos do Vale e em 2012 o terceiro Clube dos Desbravadores Remanescentes no Jardim São Jorge.

09/02/1952 - Chega a Paranavaí para visita o padre alemão Jacobus Beck, que escreveu um relatório pormenorizado da visita.

09/02/2016 - Faleceu o pioneiro Hilton Garcia Reeberg (Santo), 86 anos. Deixou viúva Elvira Baceto Reeberg. Deixou os filhos Willian Hilton Reeberg, James Hilton Reeberg e Mary Hilton Reeberg de Mello, 5 netos e 1 bisneto. Natural de Morretes, no Litoral paranaense, Santo chegou a Londrina para trabalhar e em 10 de março de 1952 veio para Paranavaí como funcionário da Importadora Pindorama, aqui ficando definitivamente. Um dos fundadores do Rotary Club Paranavaí, era atuante nos esportes, destacando-se como atleta e incentivador de bolão e uma das equipes de basquete de maior destaque do Paraná, na década de 60, o Atlético Clube Paranavaí.

11/02/2018 - Domingo (11 de fevereiro) faleceu a professora, escritora e poetiza Cleuza Cyrino Penha, aos 89 anos, após período internada para tratamento de uma infecção. Ela estava residindo em Belo Horizonte-MG, desde o fim de setembro de 2017, na casa do filho Ulisses. O corpo foi sepultado na terça-feira (13/02), no Cemitério Municipal de Paranavaí, ao lado de outro pioneiro de valor inestimável, o marido de Cleuza, Boulivar Penha, falecido em 2004. Ela se destacou no ofício de educar e foi além, deixando marcas na poesia, na luta classista e na defesa dos mais necessitados. Teve atuação marcante no movimento cultural da cidade, publicando 18 livros. Tia Cleuza era uma das fundadoras da Academia de Letras e Artes de Paranavaí, cadeira número 1. Dirigiu a Fundação Cultural, emprestando seu conhecimento para toda a comunidade. Também militou nas causas empresariais. Foi diretora da Aciap e do Conselho da Mulher Empresária. Atuou na Associação de Senhoras de Rotarianos e foi rotariana. Acompanhou o marido Boulivar Penha no estreito vínculo com o clube de serviço, quando este desempenhou a função de governador do Distrito 4630. Cleuza Cyrino Penha nasceu em Lins-SP em 1º de janeiro de 1929, estabelecendo-se em Paranavaí com o marido desde 1960. Teve três filhos: a psicóloga Alda; o geólogo e professor universitário Ulisses; o empresário Edgar, além de netos e bisnetos.

12/02/1761 - Dom José, rei de Portugal e Dom Carlos II, da Espanha, assinam um tratado em El Pardo, anulando o Tratado de 13/01/1750, que versava sobre os limites das conquistas entre espanhóis e portugueses na parte Sul do meridiano de Tordesilhas. O Tratado de Tordesilhas, celebrado na cidade espanhola do mesmo nome em 07/06/1494 (logo depois do descobrimento da América), por Dom João III e os reis católicos Fernando e Isabel de Aragão e Castela (Espanha), atribuía a Portugal todas as terras descobertas ou a descobrir a Oeste de uma linha meridiana imaginária a 100 léguas das ilhas de Açores e Cabo Verde. Essa linha foi depois retificada para 370 léguas mais ao Ocidente da ilha de Cabo Verde. Pelo acordo, quase três milhões de Km² do atual território brasileiro já seriam lusitanos, seis anos antes do "descobrimento" ou "achamento" do Brasil por parte de Pedro Álvares Cabral

12/02/1975 – Decreto Municipal 1.733 altera e aprova os Estatutos da Fundação Municipal de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí.

13/02/1955 - Fundada a Associação Comercial e Industrial, tendo como primeiro presidente João Nascimento Tulha.

14/02/1958 – Criada a Unidade Escolar de 1º Grau, que passou a Escola de Aplicação (que funcionava anexa ao Colégio Estadual, depois Faculdade Municipal e atual Senac), Escola Leonel Franca e atual Colégio Estadual Leonel Franca.

14/02/2001- Publicada Resolução do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (com sede em Porto Alegre-RS) criando a Vara Federal da Circunscrição Judiciária de Paranavaí, instalada em 21/02/01, com a posse do primeiro juiz federal, Adriano José Pinheiro, e do juiz substituto Emanuel Alberto Sperandio Garcia Gimenez, depois substituido por Matheus Gaspar

15/02/1959 – Sob a direção do professor Laércio Bastos Xavier, iniciaram os trabalhos escolares do segundo Grupo Escolar de Paranavaí, nos dias atuais Colégio Estadual Dr. Marins Alves de Camargo. O corpo docente era formado por 18 professores e 500 alunos, distribuídos em 17 classes: uma de terceira série, três de segunda série e treze de primeira série. Funcionava na época da criação em 1959 em sobrado de madeira, depois demolido, em cujo local foi construído o Mercado do Povo (próximo à Igreja São Sebastião). Em agosto de 1960 passou a funcionar na rua Souza Naves, nº 1503, em instalações de madeira, demolido para dar lugar ao Ginásio de Esportes Lacerda Braga. No dia 06 de agosto de 1962 mudou a denominação do estabelecimento, de segundo Grupo Escolar de Paranavaí, para Grupo Escolar Dr. Marins Alves de Camargo, nome que permanece até hoje. No dia 06 de agosto de 1975, foi inaugurado o novo prédio na rua Bahia, s/n, no Jardim Ouro Branco, atual endereço. O prédio atual foi construído em convênio com a Prefeitura Municipal e Governo do Estado numa área de 1348,39 m², possuindo três alas, duas ocupadas por salas de aula e uma ala ocupada pela administração, tendo também o pátio coberto, banheiros, cozinha, gabinete de orientação educacional e cantina comercial. Nos fundos do terreno duas quadras de esporte com arquibancadas, uma dependência onde funciona o departamento de educação física e a residência do zelador predial.

15/02/1967 – Criado o Ginásio Estadual de Graciosa, que deu origem à Escola Estadual José de Anchieta, do Distrito de Graciosa

16/02/1954 - Criado o Rotary Club Paranavaí, tendo como presidente Hamilton Costa e membros José Vaz de Carvalho, Lourival Rauen, Jayme Cunha, José de Andrade Fidelis, Neil Jorge, Sílvio Vidal, Ismael Gripp, Henrique Fáber, Sinval Coube Bogado, Antonio Pilar Cardoso, Joaquim Castella, Milton Costa, Luiz Fernandes, Carlos Aloísio Garcia Figueiredo, José Alencar Furtado, Flávio Ettore Giovine, Gabriel Fay Neves, Osires Ramiro de Assis, Hilton Garcia (Santo) Reeberg, Eurico Roessler, Waldemiro Wagner e Leopoldo Schmidt.

17/02/1951 – Jacob Selhorst funda oficialmente o Patrimônio de Graciosa dos Catarinenses. Ele foi também o primeiro delegado de Polícia do Distrito.

17/02/1983 – Criada a Escola Estadual Flauzina Dias Viegas – EPG pela resolução 404/83, com reconhecimento do curso de 1º Grau pela resolução 1302/89 de 29/05/1989, e denominação alterada para Colégio Estadual Flauzina Dias Viegas

18/02/1920 - O Governo do Estado prorroga por mais dois anos o prazo para demarcação de terras, constantes do contrato de 08/09/1917.

19/02/1930 – Instalado o Distrito de Montoya, com a posse do primeiro escrivão, Alpiniano do Nascimento Ramos e do escrivão Raymundo da Rocha Salles. Lavrados os Termos de Abertura dos Livros de Registros de Obitos, Registros de Casamentos e Registros de Baptismos do Cartório Distrital de Montoya. Na mesma data foi feito o primeiro registro de nascimento, de Nelsina Maria de Jesus, nascida em 20/12/1929, filha de Júlia Maria de Jesus e pai incógnito e Pedro, nascido em 02/12/1928, filho de Maria do Carmo de Souza e pai incógnito.

19/02/1945 – Instalada a Escola Isolada Fazenda Brasileira. As primeiras professoras foram Odair Carvalho e sua cunhada, Ruth Doubeck, que tinham de receber o salário em Apucarana, então sede do Município. Tinham 30 alunos. A escola funcionava na casa dos pais de Odair Carvalho, o casal Paulina Gomes e Valdomiro Carvalho, que chegou a Paranavaí em 18 de agosto de 1944.

20/02/1952 – Chega à Agua do 22 (Graciosa) João Heidemann. No ano seguinte retornou a Santa Catarina, casou-se com Olga Tollmeiner e novamente veio para Graciosa no ano seguinte, onde se fixou.

22/02/1976 – Fundada em Paranavaí a Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira.

23/02/1960 – Prefeito Ulysses Faria Bandeira celebra com a Urbasa Construtora e Urbanizadora S/A, com sede em Rolândia-PR, contrato para execução de 70 mil metros quadrados de asfalto em ruas de Paranavaí. A Urbasa foi representada pelos seus dirigentes, engenheiro Rodrigo de Arruda Moreira, advogado Murilo Carlos de Arruda Moreira e médico Abelardo de Arruda Moreira (o contrato não especifica as ruas em que o asfalto seria feito).

24/02/1992 – Pelo decreto 4.139/92 o prefeito Rubens Felippe oficializa a criação do Bosque Municipal nos termos do art. 5º, alínea “A” e seu parágrafo único, da Lei Federal nº 4.771, de 15/11/65, com 202.051m², situado na Vila Operária. O Bosque foi implantado pelo então prefeito Antonio José Messias no início dos anos 1960.

24/02/2002 – Instalado o Juizado Especial Federal Adjunto.

27/02/1971 - Inaugurado o Parque de Exposições Presidente Arthur da Costa e Silva, pelo prefeito Dionísio Assis Dal Prá.

27/02/1972 – Inaugurado o Tiro de Guerra de Paranavaí, pelo prefeito Dionísio Dal Prá, com presença do secretário de Segurança Pública do Estado, coronel Pérsio Ferreira e o chefe de Instrução, sargento Raul de Oliveira Rodrigues.

27/02/2015 – Inaugurada a reforma do prédio cedido pela Prefeitura Municipal de Paranavaí para a instalação da Reitoria da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), pelo prefeito Rogério José Lorenzetti e deputado estadual Teruo Kato, com a presença do reitor Antonio Carlos Aleixo, de Campo Mourão.

28/02/1977 – Colégio Estadual Enira Moraes Ribeiro – EFMP foi criado como Grupo Escolar Enira Moraes Ribeiro em 16/01/1959 pelo decreto 2124/59, passando a denominar-se Escola Enira Moraes Ribeiro – Ensino de 1º Grau e Supletivo em 1977, até receber a denominação atual em 1978.


Coluna Social - Tânia Mara 31/01/2019

FRASE DO DIA

Deixe o seu melhor por onde passar, porque talvez um dia tenha que voltar (anônimo)

Coluna Social - Tânia Mara 30/01/2019

FRASE DO DIA

O amor é o melhor presente para oferecer a quem amamos (anônimo)

diario do noroeste

Colunistas

Tânia Mara
Dinei Feitosa
Sinopse Geral

Articulistas

André Maciel
EDENI MENDES
Fabiano Brum
Josué Ghizoni
Marcelo Rios
Márcia Spada
diario do noroeste

Programe-se

diario do noroeste
diario do noroeste
agência dream